Freguesia de Ançã - Cantanhede
  
                               
A freguesia de Ançã “oferece o que de melhor tem o núcleo urbano, com alguma pacatez própria dos locais mais rurais”. Entre a Bairrada e o Baixo Mondego, visitar Ançã é viajar na história, onde o património arquitectónico e abundante e de prender a respiração de tanta beleza, como por exemplo a CAPELA DA GRANJA, CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS, CAPELA DE S. BENTO, CAPELA DE S. SEBASTIÃO, CAPELA DO ESPÍRITO SANTO, CAPELA DO SENHOR DA FONTE, CASA ONDE NASCEU JAIME CORTESÃO, FONTE DE ANÇÃ, IGREJA DE NOSSA SENHORA DO Ó (IGREJA MATRIZ DE ANÇÃ), onde existem imagens do século XV e XVI. A imagem da Virgem e o Menino é imã escultura do Mestre João Afonso, o chamado Mestre das Alhadas. Representa Nossa Senhora sentada, com o menino ao colo, e é feita de calcário policromado.
Uma piscina natural no centro da vila faz as delicias das pessoas que ali se deslocam, assim como os diversos fontanários nos vários lugares que compõe a Freguesia. Falar de Ançã estará para sempre associado o nome de Jaime Cortesão, filho da terra, foi um intelectual que, privilegiando concomitantemente a investigação, a reflexão e a acção, ocupou um lugar proeminente na cultura política e na cultura histórica do seu tempo, sobretudo pela afirmação de um duplo combate – político e de reavivar a consciência histórica e cívica – presente na produção escrita e na acção cultural e cívica. O impulso dinamizador e o sentido da convergência foram os traços mais característicos da sua personalidade. Foi sobretudo um «polarizador de doutrina», um «catalisador» de ideias, como o definiu Aquilino Ribeiro, mais «congraçador» do que «hostilizador dos homens», como o considerou José Rodrigues Miguéis.
A partir da compreensão do universo mental e moral do autor e das múltiplas facetas da sua obra e da sua acção – enquanto poeta, dramaturgo, ficcionista, pedagogo, político e historiador – percebemos que compatibilizou a reflexão com a intervenção crítica activa, no contexto convulsionado do Portugal da I República, da Ditadura Militar e do Estado Novo.
Este Executivo tudo tem feito para promover o Bolo de Ançã, produto da doçaria tradicional agora protegido com o registo da marca pela Junta de Freguesia, marca essa com a qual estão já a ser comercializados os genuínos Bolos de Ançã, fabricados pelas boleiras de Ançã, onde também  acções de promoção da marca junto da imprensa regional e da participação das Boleiras de Ançã em eventos culturais e gastronómicos por toda a região são uma  aposta deste Executivo.
Freguesia de gente ordeira e conciliadora, sabe receber bem quem nos visita. Da gastronomia ao artesanato, são muitas as razões para nos brindar com um passeio por esta terra.
Em cada esquina encontra pessoas sempre dispostas a dar uma palavra amiga.
 
Por todas estas razões, Visite a Nossa Freguesia
 
Será muito Bem-Vindo


    

282455 visitas até ao momento.